POEMA NOVO

Car@s leitor@s,

Escrevi este poema no início de novembro e venho agora, um tanto atrasado, compartilhá-lo com vocês. É um martelo agalopado – forma tradicional do cordel composta por estrofes de 10 versos com 10 sílabas cada. Nos martelos é comum aparecer um mote ao final de cada estrofe (geralmente 1 ou 2 versos que se repetem).

Espero que gostem!

Galope da saudade martelada

Eu não sei quantas pedras foram postas
nas pirâmides pomposas do Egito
Eu não sei onde está o manuscrito
Que desvenda a vida e dá a resposta
Eu não sei se disposto a uma aposta
Faço bem em minha vida arriscar
Eu não sei nem ao certo avaliar
De que vale um profundo entendimento
Eu só sei que a saudade é um sentimento
De quem sofre com a sina de esperar.

Eu não sei quanto pesa um grão de arroz,
O volume de um quilo do algodão,
Não me importa o vai-e-vem da inflação
Ou se o ovo vem antes ou depois
Da galinha. Nem mesmo quem compôs
A mais bela cantiga do Qatar
Eu não sei e não quero nem pensar
Se tem cor ou tamanho o firmamento
Eu só sei que a saudade é um sentimento
De quem sofre com a sina de esperar.

Do tamanho da torre de Babel
Eu não sei, nem se o céu é mesmo azul,
Onde fica a cidade de Istambul,
Se é doce o mel ou mesmo o fel,
Se Gregório foi mesmo um menestrel,
Se eu compus um galope à beira-mar,
Se o Messias de fato vai voltar,
Ou se vai se apagar no esquecimento.
Eu só sei que a saudade é um sentimento
De quem sofre com a sina de esperar.

Desconheço quem foi o Saladino,
E os segredos sagrados de Sumé,
Eu não sei nem dançar um arrasta-pé
Do meu time eu não sei cantar o hino
E, se eu canto, é certo: eu desafino.
Uma rede de pesca arrastar
Não sei como. Nem quero imaginar
Se o dilúvio foi mesmo um grande evento
Eu só sei que a saudade é um sentimento
De quem sofre com a sina de esperar.

Eu não sei se é verdade ou se é mentira
Que a ira de Aquiles ganhou fama
Se faz bem para a pele usar lama
Ou se quem isso faz certo delira
Se é mais cara a ametista ou a safira
Eu não sei, mas pretendo consultar
Pra quem sabe o meu bem presentear
Com um lindo anel de casamento
Eu só sei que a saudade é um sentimento
De quem sofre com a sina de esperar.

Eu não sei se é mentira ou se é verdade
Que era mágica a lira de Orfeu
Nunca li Casimiro de Abreu
Desconheço, assim, sua qualidade
Eu nem sei se é alguma novidade
Eu compor um martelo e publicar
Eu não sei se alguém pode imaginar
Bolsonaro um mito, e não jumento
Eu só sei que a saudade é um sentimento
De quem sofre com a sina de esperar.

Eu não sei se um dia saberei
Sobre as sábias palavras do Corão
Do Torá, ou da Bíblia. A questão
É saber se um dia o astro-rei
Vai brilhar para todos como lei.
Eu não sei se alguém irá notar
Algo estranho na rima que virá
Caso sim, já valeu todo esse tempo
Eu só sei que a saudade é um sentimento
De quem sofre com a sina de esperar.

Anúncios
Publicado em Sem categoria | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

+ 1 OFICINA DE CORDEL NA UNEB

Aconteceu no dia 28 de setembro de 2017 o evento LITERATURA POPULAR EM CENA: OFICINA DE CORDEL E POESIA PERIFÉRICA, organizado pelo PROFLETRAS. Mais uma vez, tive a oportunidade de colaborar com a divulgação da Literatura de Cordel dentro da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), dessa vez no campus de Santo Antônio de Jesus. Durante o evento realizei uma oficina de cordel, para um vasto público, entre eles alunos da graduação, da pós-graduação e de outros programas de ensino em parceria com a universidade, que em tudo se mostra inclusiva. No evento, também contamos com a presença do poeta e também cordelista Denisson Palumbo, que apresentou um sarau sobre poesia periférica.

 

Publicado em Sem categoria | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

SARAU PA’LAVRAS

Aconteceu na segunda, 14 de agosto de 2017, mais uma edição do Sarau Pa’Lavras, que já se tornou tradição seja na feira livre, seja  na Praça de Nequinha, na cidade de Lençóis. A convite do idealizador e organizador, o poeta-anfitrião Luar do Conselheiro, participei da edição recitando alguns textos em cordel. O evento também contou com a participação especial da Poeta Daniela Dias, do Espírito Santo, que apresentou seus diversos livros e dezenas de fanzines. Ao final, o público foi presenteado pela autora com as mesmas fanzines. Além dos 2 convidados visitantes, o sarau contou com a presença de artistas residentes em lençóis, entre eles os músicos Eduardo Cachaça (ex Movidos a Álcool) e Bruno Bezerra. Fica aqui um pequeno registro dessa noite cheia de arte.

Publicado em Sem categoria | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

OFICINA DE CORDEL EM FEIRA DE SANTANA

A convite da Escola Municipal Professora Eli Queiroz de Oliveira, em Feira de Santana, o professor e poeta Elton Magalhães ministrou uma oficina de cordel para alunos do sétimo ano do Ensino Fundamental. A atividade faz parte  da V etapa da dissertação da docente Nara Silva – mestranda do PROFLETRAS da UNEB (campus v) que tem como título: “Produção de cordel na escola: oralidade, pertencimento e oralidade”, orientada pela prof. doutora Priscila Fiorindo Peixinho.

Na oficina, os alunos conheceram um pouco mais sobre a Literatura de Cordel, ouviram alguns textos do autor e foram, no último momento, estimulados a produzirem suas próprias histórias, com temas voltados as suas próprias realidades.

Esperamos que em breve os meninos possam gerar bons frutos e, quem sabe, no final do trabalho com a professora Nara possamos identificar novos cordelistas em Feira de Santana, cidade tão rica de poetas cordelistas.

Para mim foi muito gratificante participar desse trabalho que é sempre motivador. Levar a Literatura de Cordel para todos os espaços é e sempre será a minha meta de poeta.

Viva!

Publicado em Sem categoria | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

LENÇÓIS: SARAU PA’LAVRAS SEGUE ENCANTANDO LENÇÓIS. ESTA EDIÇÃO SERÁ DIA 14 DE AGOSTO

Sarau Palavras. Esta edição acontece dia 14 de Agosto/Foto: Divulgação

O Sarau Pa’Lavras, encontro de poesias e música, idealizado pelo poeta e escritor Luar do Conselheiro, segue encantando quem vive e quem passa por Lençóis.

Dia 14, segunda feira, haverá mais uma edição do Sarau, que acontecerá na Praça de Nequinha (atrás dos Correios) à partir das 20:00 horas. Nesta edição do Sarau, Luar do Conselheiro convidou dois artistas para uma participação especial. O poeta soteropolitano Elton Magalhães, que faz sucesso nas redes sociais com leituras de cordel ao vivo. E a poetisa e fanzineira capixaba Daniela Dias, que vem de Vila Velha – Espírito Santo, só para participar do evento.


Foto: Divulgação

“Os saraus se espalham pelas cidades é isso fortalece a poesia. Em Lençóis o nosso Sarau Pa’Lavras leva poesia às ruas da cidade e incentiva as pessoas a ler e escrever mais. Os dois artistas que convidei são referências em arte e cultura e estaremos articulando oficinas e outros eventos, para que haja essa troca outras vezes.” Disse o poeta Luar do Conselheiro, que um dia antes do Sarau estará participando da FLIGÊ, Feira Literária de Mucugê, com um bate papo sobre sua carreira e sobre a história de Canudos.

Luar do Conselheiro – mediador

Matéria: Chapada News

Publicado em Sem categoria | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

ELTON MAGALHÃES NO PROGRAMA SOTERÓPOLIS

O programa soterópolis exibiu, durante o mês de dezembro, um especial sobre cultura popular brasileira. Claro que a Literatura de Cordel não poderia ficar de fora. Para isso, convidaram o poeta Elton Magalhães, o Mestre Bule-Bule e o xilografador Gabriel Archanjo para falar um pouco sobre a nossa tradição tão vasta e vária. O programa foi ao ar no dia 1 de dezembro de 2016 e está disponível no youtube através do link abaixo:

 

Publicado em Sem categoria | Marcado com , , , | Deixe um comentário

CORDEL ‘DIA DE FESTA NO MAR’ – VÍDEO PARA O JORNAL CORREIO*

No dia 2 de fevereiro de 2017, dia de Iemanjá, o poeta Elton Magalhães recebeu um convite do jornal Correio* para gravar e enviar um vídeo com uma breve leitura do seu cordel que já foi publicado integralmente no próprio jornal, em 2015. Está aí o vídeo disponibilizado pelo youtube, no canal do jornal:

Publicado em Sem categoria | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário